Principal Categorias Matérias Diabetes Atinge mais de 12 milhões de brasileiros

Diabetes Atinge mais de 12 milhões de brasileiros

5 minutos para ler
0
498
Diabetes Atinge mais de 12 milhões de brasileiros

A sociedade Brasileira de Diabetes estima que mais de 12 milhões de brasileiros sofram da doença. Quem tem Diabetes apresenta dificuldades em metabolizar a glicose. Isso acontece porque os diabéticos não absorvem, ou absorvem muito pouca insulina, hormônio produzido pelo pâncreas que responsável por quebrar as moléculas de glicose e transformá-las em energia para todas as células do organismo.

A doença possui alguns sintomas bastante característicos como a poliúria (quando a pessoa urina demais e acaba desidratando), polidpsia ( o paciente sente muita sede), aumento do apetite, alterações visuais, impotência sexual, infecções fúngicas na pele e nas unhas, feridas (que demoram a cicatrizar, especialmente nos membros inferiores), neuropatias diabéticas provocadas pelo comprometimento das terminações nervosas e distúrbios cardíacos e renais. Existem três tipos de Diabetes. Os pacientes com o tipo I da doença são chamados de insulodependetes, pois não produzem ou pouco produzem insulina e quase que diariamente precisam tomar injeções do hormônio. Essa forma da doença se manifesta geralmente entre a infância e a adolescência. No caso das pessoas que têm o tipo II da Diabetes suas células são resistentes à ação da insulina. Essa situação é mais comum em pessoas com mais de 40 anos. Existe ainda a Diabetes Gestacional, que na maioria das vezes é causada pelo aumento de peso da mãe durante a gravidez.

A doutora Débora Thomson Milazzo Foroni, farmacêutica bioquímica do Laboratório Biolab, explica que três exames podem ser feitos para diagnosticar a doença. A glicemia de jejum mede o nível de açúcar no sangue no momento em que o exame é feito e é muito usado para monitorar o tratamento da doença. Se o exame apontar mais de 126 miligramas de glicose por decilitro (mg/dl) de sangue há um grande indício de que a pessoa esteja com a doença. Outro procedimento utilizado é o da Hemoglobina Glicada. A hemoglobina é uma proteína dentro do glóbulo vermelho que se liga à glicose. Uma hemácia vive cerca de 90 dias em nosso organismo, e durante esse período a hemoglobina vai incorporando glicose. O exame citado consegue detectar uma média da concentração de hemoglobina no sangue nos últimos 3 meses e aponta se os valores estão ou não acima dos indicados (de 4,0% a 6,0% para pessoas sadias, abaixo de 7,0% para pacientes com a doença controlada e maior que 7,0% em pessoas que possivelmente têm a doença). Já o exame de curva glicêmica mede a velocidade com que o corpo absorve a glicose após sua ingestão. Em jejum, o nível de glicose no sangue deve estar abaixo de 100mg/dl. Assim, o paciente ingere 75 gramas de glicose e depois de duas horas esse valor deve ser de 140 mg/dl. Se após esse período o valor estiver acima de 200 mg/dl há um grande possibilidade que o paciente esteja com a doença.

O laboratório Biolab está apto a realizar todos os exames indicados para diagnosticar a Diabetes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…