Principal Categorias Matérias Para o Brasil continuar avançando

Para o Brasil continuar avançando

4 minutos para ler
0
560
Para o Brasil continuar avançando

O Paraná é a quarta economia do país e, nos últimos anos, temos nos destacado como o Estado mais atrativo para investimentos, além de gerarmos empregos e obtermos índices de qualidade de vida muito acima da média nacional

O Brasil se consolidou em 2014 como uma das maiores democracias do mundo. Por muito pouco, não vingou a opção pela alternância de poder. O momento agora é de reconhecermos o resultado das urnas e iniciarmos uma nova fase do amadurecimento político brasileiro 30 anos após o fim da ditadura militar.

Nesse cenário, é preciso que as relações republicanas sejam fortalecidas. A grande vitória da reeleição do governador Beto Richa abre a perspectiva de restabelecermos o diálogo entre o Paraná e a União – com maturidade, longe das diferenças partidárias. É preciso que prevaleça a isonomia no tratamento entre os entes federados da Nação.

O Paraná é a quarta economia do país e, nos últimos anos, temos nos destacado como o Estado mais atrativo para investimentos, além de gerarmos empregos e obtermos índices de qualidade de vida muito acima da média nacional. Temos, portanto, muito a contribuir com o desenvolvimento do país. O momento é de conciliação e, nesse sentido, ambas as partes devem se sentar à mesa com o espírito desarmado, sem ficar nos balizando pelo retrovisor.

Também são necessárias medidas perenes e de efeito global. Por isso, defendo um novo pacto federativo, em que possamos melhor redistribuir o bolo tributário da União. Estados e municípios não podem mais continuar à míngua, com atribuições cada vez maiores, enquanto os recursos são represados pelo poder central. Sem essa mudança, o Brasil continuará a travar o seu crescimento.

As urnas deixaram claro que, se políticas sociais e distributivas são conquistas inarredáveis, também é inadiável retomarmos o caminho do desenvolvimento econômico pleno, com investimentos em infraestrutura, fortalecimento do agronegócio e estímulo ao empreendedorismo. E, para isso, um bom começo seria a revisão de certas regras e atitudes que ainda nos remetem a um passado obscuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…