Principal Categorias Matérias Renascer celebra seus 20 anos com lançamento de selo comemorativo

Renascer celebra seus 20 anos com lançamento de selo comemorativo

7 minutos para ler
0
795
Renascer celebra seus 20 anos com lançamento de selo comemorativo

No dia 28 de novembro, o centro de nutrição Renascer, de Guarapuava, comemorou 20 anos de funcionamento. Em virtude do aniversário, a diretoria da entidade, juntamente com os Correios, realizou o lançamento de um selo comemorativo que possui a logo da instituição.

De acordo com a atual tesoureira da instituição, Lucimara Siqueira Weigert, o objetivo da direção foi marcar a comemoração deixando algo simbólico para a história. O selo, que foi lançado durante um evento na sede do Renascer será comercializado. O primeiro lote, com cerca de 1.200 unidades, foi adquirido pela Catedral Nossa Senhora de Belém, de Guarapuava.

Ainda de acordo com Lucimara, os Correios receberam um histórico da entidade que pode ser acessado por qualquer pessoa. “Sabemos de empresários que querem ajudar alguém, mas não sabem como, talvez um deles possa conhecer nosso trabalho por meio dos Correios e ajudar o Renascer”, explicou. Para a presidente da entidade, Dinari de Fátima Estrela Pereira, comemorar as duas décadas é reconhecer o sucesso do trabalho desenvolvido. “Temos muito a comemorar visto que hoje celebramos o sucesso de um projeto coletivo em prol do bem comum. É a conquista das muitas pessoas que estiveram envolvidas”. Além disso, ela destacou que a trajetória foi marcada por muitos desafios, crises e superações e, de uma forma ou de outra, todos fazem parte dessa história.

Ainda de acordo com Dinari, ao longo dos anos, os serviços foram reordenados, atendendo as legislações vigentes, e a cada dia a instituição vem se tornando mais sólida e conquistando o respeito de toda a sociedade. A presidente agradeceu ao gerente regional de vendas dos Correios, Osmar Eyng, pela presença, e ao Padre Acácio Evêncio, que foi peça fundamental para a concretização do selo.

Sobre sua atuação como presidente, Dinari explica que o sucesso dos projetos se deve a uma equipe. “Ser presidente do Renascer é uma honra, estar à frente dessa instituição é uma responsabilidade imensa, mas me sinto segura, pois faço parte de uma equipe diretiva, sendo a Vera Cury vice-presidente e a Lucimara Weigert, tesoureira, além de contar com o apoio da coordenadora Rita Tussolini e o comprometimento da equipe técnica, juntas traçamos objetivos e metas para a realização dos projetos, buscamos a excelência nos serviços prestados aos nossos usuários”.

Os primeiros passos para o surgimento da entidade foram dados no ano de 1989, quando duas pediatras, Drª Eliane Souza de Carli e Drª Vânia de Souza Ferlin, iniciaram, nas unidades de saúde onde trabalhavam, acompanhamentos ambulatoriais de crianças desnutridas. Posteriormente, as médicas, juntamente com novas apoiadoras, criaram o Grupo de Voluntárias Renascer.

Com a demanda crescente do número de crianças que precisavam de atendimento, foi criado o “Projeto Canguru”, que tinha a finalidade de realizar acompanhamento para as crianças com desnutrição grave e também para suas famílias. Após aprovação do Comdica (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), o nome foi alterado para “Projeto Renascer”.

Em fevereiro de 1994, as voluntárias, Aline Camargo, Iraci Henrardt, Sandra de Carli Nardi, Zuleide Morgan e Eliane Souza de Carli, aperfeiçoaram o atendimento às famílias e no dia 28 de novembro do mesmo ano o projeto ganhou sede própria e foi denominado Centro de Nutrição Renascer.

Com o passar dos anos, o centro passou a dar um apoio mais relevante às famílias. Para amenizar as situações de miséria extrema, a instituição passou a oferecer apoio sócio familiar e cursos de geração de renda e inclusão produtiva. Estas ações continuam sendo realizadas pela instituição, que desde a sua fundação já atendeu cerca de 17.052 pessoas.

Na atual direção do Centro está a presidente Dinari de Fátima Estrela Pereira, a vice-presidente Vera Lúcia Cury Andrade, a tesoureira Lucimara Weigert e a coordenadora Rita de Cássia Tossolini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…