Principal Categorias Matérias Dr. José Carlos Cassoli: a Medicina como vocação

Dr. José Carlos Cassoli: a Medicina como vocação

8 minutos para ler
0
52

O amor à Medicina chegou cedo na vida de José Carlos Cassoli. Aos 14 anos, ainda na adolescência, ele decidiu abandonar o seminário católico, onde estudava, e tomou a decisão de trocar a medicina da “alma” pela do “corpo e da alma”. “A decisão foi tomada com muito amor, que carrego até hoje”, afirmou, acrescentando: “tenho enorme orgulho de ser médico. Não apenas por poder ajudar na saúde do próximo, mas também por essa ser a minha verdadeira vocação”, ressaltou.

O Dr. Cassoli atua em Guarapuava desde 1996. “Eu me apaixonei pela cidade desde quando a visitei pela primeira vez. Então fiz planos para viver aqui e sempre a tive como minha referência”, contou. Na opinião dele, quando exerce a sua profissão com zelo e dedicação ele tem a possibilidade de demonstrar amor e respeito ao próximo. “A Medicina e a Família sempre foram as motivações da minha vida, que me proporcionam momentos ímpares de felicidade”, disse.

Formação

O Dr. José Carlos Cassoli (CRM 5690) tem formação em Medicina pela PUC-PR (Universidade Católica do Paraná). Ele é Pós-Graduado em Cardiologia pela Universidade de Minas Gerais; Titular de Cardiologia pela SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia).

O profissional também é graduado com título de habilitação em atuação na área de Ergometria (Cardiologia do Esforço e do Esporte) pelo Departamento de Ergometria e Reabilitação Cardiovascular da SBC. Cassoli é atuante como Cardiologista e Eletrocardiografista desde a criação do Cisgap (Consórcio Intermunicipal de Saúde).

“Desde quando estudava em Curitiba, fui Acadêmico Residente em um Hospital Escola (Hospital São Carlos) por cinco anos, onde acompanhei dois professores brilhantes – o Cardiologista Dr. Francisco Briones e o Pneumologista Dr. Rubens Jansen de Sá. Ambas as áreas eram de minha preferência, mas à época somente a Sociedade de Cardiologia era reconhecida no Brasil. Então, dei continuidade aos estudos nesta área apaixonante”, contou.

A importância da Cardiologia

Na opinião do Dr. Cassoli, a Cardiologia é uma das áreas da Medicina que evolui mais rapidamente com pesquisas eficientes e que faz com o que o profissional da área esteja em constante atualização, tanto em relação aos medicamentos quanto aos métodos empregados. “É fundamental saber conquistar o paciente e estimulá-lo a não abandonar o tratamento, pois as enfermidades do coração, em geral, não têm cura, porém, quando bem tratadas, geram eficiência, concedendo ótimos resultados à saúde e consequente melhor qualidade de vida ao paciente”, explicou.

Para ele, é fundamental seguir as orientações do Cardiologista, usar corretamente a medicação prescrita, realizar atividades físicas com regularidade e evitar danos alimentares. “Para que tudo esteja em harmonia, é necessário fazer visitas permanentes ao consultório – a cada dois, três ou quatro meses, dependendo do caso – e realizar determinados exames com certa periodicidade”, falou.

As bases da Cardiologia, então, são a consulta médica juntamente com o Eletrocardiograma. A maior frequência dos atendimentos são às pessoas hipertensas que acreditam que basta reduzir a pressão para obter a solução do problema de saúde. “Na verdade, É preciso saber tratar a pressão de acordo com as comorbidades, evitando interações medicamentosas nocivas para o paciente. É por isso que esses pacientes são referendados pelos clínicos ou médicos de outras especialidades”, explicou, completando: “Para nós, Cardiologistas, a segunda maior causa de visita aos consultórios são as dores torácicas que podem ou não ser de origem cardíaca e que exigem atendimento preciso, pois podem colocar em risco a vida do paciente”.

Conforme o Dr. Cassoli, as arritmias também são muito comuns e podem levar à morte ou a derrames cerebrais. Cabe ao Cardiologista trata-las com precisão. “Nós também orientamos para que todos os pacientes com comprometimento neurológico, principalmente AVC, comprometimento renal e qualquer forma de enfermidade circulatória, façam Avaliações Cardiológicas, pois a causa pode estar relacionada com esta especialidade”, ponderou. Para que o acompanhamento seja profícuo, é fundamental a confiança do paciente em seu médico e vice-versa. “O carinho, o respeito e a atenção também devem ser de ambas as partes”, finalizou o Dr. Cassoli.

Clínica Cardiológica

O Dr. Cassoli integra o corpo clínico da Cardiológica, que está localizada na Rua Quintino Bocaiúva, 2.326, no 4º andar do Edifício Biocenter. Na clínica, o especialista atende consultas e exames complementares; eletrocardiograma; Teste de Esteira (de Esforço); Holter 24 hs (Eletrocardiograma 24 hs); MAPA 24 hs (aferições por computador de pressão arterial 24 hs. Contam ainda com parceria para realização de Ecocardiogramas e Estudo Hemodinâmico.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mulheres que trabalham com o universo feminino

Foto: Sandra Hyczy Ser mulher, nos dias de hoje, envolve acumular múltiplas funções. É pre…