Principal Categorias Trajetória Guilherme Romani: a vida mais doce com ingredientes brasileiros

Guilherme Romani: a vida mais doce com ingredientes brasileiros

5 minutos para ler
0
736

Por Scheyla Horst/RVisual
Foto: Vinicius Yuri | Produtor: Fernando Brito

O Chef curitibano Guilherme Romani tem desenvolvido projetos em Guarapuava desde o ano passado. Em 2017, ele planeja abrir um Ateliê Gastronômico na cidade, onde poderá divulgar suas criações doces, que valorizam ingredientes de origem brasileira, e imprimir tanto na decoração quanto nos pratos a personalidade que deseja transmitir enquanto profissional criativo e contemporâneo da Gastronomia.

Além do seu projeto pessoal, Guilherme atua como instrutor do curso de Gastronomia do Senac no município e na região. Ensinar é uma paixão para ele, que, embora tenha apenas 23 anos, já possui duas pós-graduações concluídas e outra em andamento, pois tem verdadeira paixão por aprender e transmitir conhecimentos. Graduado e pós-Graduado pela PUC-PR, de Curitiba, ele viajou ao interior para lecionar depois de finalizar a especialização em Pâtisserie Contemporânea e Clássica e acabou encontrando uma demanda de mercado interessante no Centro-Sul.

Através de contatos em Guarapuava, o Chef está criando doces exclusivos para alguns empreendimentos. Outra área de trabalho é a realização de encomendas para festas, como doces finos, bolos e tortas. “Embora a base seja sempre clássica, eu procuro trazer outros elementos para as receitas, é o que chamamos de fusão. Assim, estou estabelecendo uma lista de opções de doces que carregam aspectos da identidade brasileira contemporânea”, contou, citando como exemplos de ingredientes ricos do nosso país o baru, cumaru, a pimenta rosa e a amburana. Ele ainda utiliza esses produtos numa linha de chocolates artesanais de sua autoria.

Para divulgar as suas invenções, Guilherme foca nas redes sociais, onde ele tem cativado a atenção de muitas pessoas, que ficam curiosas para experimentar as delícias que ele publica. “Tenho recebido muitas mensagens e percebo o quanto é importante abrir um negócio próprio, que será o Ateliê, onde eu vou poder receber as pessoas e apresentar a minha proposta na Confeitaria. A ideia é abrir um lugar onde as pessoas vão se sentir bem, como se fosse a extensão da minha própria casa”, explicou.

Guilherme tem interesse e experiência em várias áreas da Gastronomia, pois já trabalhou em diversos restaurantes da capital do Paraná, além de ter passado por Panificadoras, empregos que o fizeram ter acesso a várias técnicas da cozinha. A vida o levou à Confeitaria com maior ênfase depois que ele venceu o desafio no programa “Que Seja Doce”, do Canal GNT, em 2015. Para o futuro, ele planeja continuar lecionando e ampliando a visibilidade de seu nome e das suas criações, partindo de Guarapuava em direção ao restante do Brasil. Sem perder a doçura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Expressiva Modas realiza Preview Primavera Verão 2018

Olhando além do friozinho desta semana, a Expressiva Modas divulgou aos seus clientes ness…