Principal Categorias Trajetória Danielle e Michelle Brandalize iniciam atendimentos em consultório de fisioterapia

Danielle e Michelle Brandalize iniciam atendimentos em consultório de fisioterapia

4 minutos para ler
0
437

Por RVisual | Fotos: Jean Carlo

Com 12 anos de experiência na área, as irmãs Danielle e Michelle Brandalize atuam na área de Fisioterapia Neurofuncional. No seu novo consultório, os atendimentos realizados pelas fisioterapeutas terão como foco o método de Terapia por Contensão Induzida (TCI), uma terapia intensiva que atua na reabilitação neurológica, para a qual o ambiente foi especificamente planejado.

Método diferenciado
Com o objetivo de reestabelecer a função do membro afetado, a Terapia por Contensão Induzida (TCI), que foi desenvolvida pelo neurocientista Edward Taub da Universidade do Alabama (EUA), é uma abordagem de reabilitação desenvolvida para aumentar o uso do membro acometido de indivíduos com perda parcial dos movimentos, especialmente vítimas de AVE (acidente vascular encefálico), popularmente conhecido como derrame. Atualmente, a TCI também é utilizada em crianças com paralisia cerebral e em indivíduos com sequela de traumatismo craniano e outras patologias do sistema nervoso central.

Nesta terapia, o paciente tem seu membro não afetado imobilizado durante 90% do tempo em que permanecer acordado, recebe sessões intensivas de fisioterapia (3 horas/dia durante10 dias úteis consecutivos) para treino do uso do membro mais afetado e é estimulado a reproduzir os movimentos nas suas atividades de vida diária. Baseia-se no fundamento de que o uso forçado do membro superior comprometido durante o tratamento é capaz de causar mudanças estruturais e funcionais do cérebro.

Tratamento eficaz
O principal benefício da aplicação da técnica é o aumento da quantidade do uso do braço ou perna mais fraco, assim como o ganho na qualidade do movimento, crescimento da motivação para usar o membro deficitário e melhora na independência em atividades diárias.

“Após uma lesão cerebral, pela falta de uso do membro mais afetado, ocorre uma alteração na região cerebral correspondente a esse membro, o que chamamos de “não-uso aprendido”. Esse tratamento visa modificar o comportamento e superar esse “não-uso”, além de induzir uma reorganização cerebral pelo treino intenso e repetitivo do membro afetado”, comenta Michelle.

Expectativas
A inauguração do novo consultório de fisioterapia traz satisfação às profissionais, com a possibilidade de proporcionar tratamentos específicos e eficazes aos seus pacientes. “Sempre sentimos a necessidade de um serviço especializado que atendesse demandas específicas do paciente com distúrbios motores de caráter neurológico. É gratificante poder proporcionar isso agora, na nossa região, principalmente por ser uma abordagem que de fato apresenta inúmeros estudos científicos com resultados bastante positivos”, afirma Danielle.

WhatsApp: (42) 99859.3235 | (42) 99829.6613
intensivaneuroreabilitacao@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Confira a agenda para o fim de semana (20, 21 e 22 de julho)

1º Festival de Churros Neste fim de semana o Festival do Churros chega a Guarapuava com ma…