Principal Categorias Matérias Amor não tem idade

Amor não tem idade

4 minutos para ler
0
424
Amor não tem idade

Sandra e Leonardo Hyczy se casaram ainda adolescentes e juntos construíram uma família feliz O início da relação entre Sandra e Leonardo Hyczy parece até enredo de minissérie global. Nos anos 80 os bailes promovidos pelos grandes clubes da cidade eram sensação entre os jovens da sociedade guarapuavana. E foi durante um desses eventos que o casal começou a namorar. Entre o Baile do Alasca de 1981 e o matrimônio foram apenas cinco meses. Apesar de serem muito novos na época, ela com 14 e ele com 19 anos, Sandra e Leonardo não hesitaram ao assumir as responsabilidades do casamento, e hoje colhem os frutos do sucesso de uma união que já dura mais de três décadas.

A situação a princípio causava estranhamento, afinal Sandra tinha acabado de concluir o ensino fundamental e não tinha muitas habilidades como dona de casa. “Os meus colegas de escola ficaram espantados. Eu não sabia fazer nada das tarefas domésticas e ainda tinha que conciliar os estudos. Até eu completar 18 as pessoas ficavam assustadas quando viam a aliança na minha mão”, lembra. Ela conta que embora tenham ficado preocupados com o jovem casal, tanto seus pais quanto os pais do marido deram a eles todo o apoio de que necessitavam e foram importantíssimos para o casamento dar certo. “Os meus pais e os pais do Leonardo nos apoiaram muito e se tornaram peças fundamentais para que pudéssemos permanecer juntos. A nossa adaptação foi difícil, mas o amor sempre superou tudo”, destaca Sandra.

A primeira filha de Sandra e Leonardo, Gabriela, nasceu após três anos de casados. Depois, vieram Rafaela e o caçula, Leonardo. Junto, o casal construiu sua casa, concluiu seus estudos, cresceu profissionalmente e enfrentou os desafios da convivência diária. E foi essa cumplicidade e a união familiar que os ajudou a superar a perda de um dos filhos, irmão gêmeo de seu filho caçula. Para Sandra, decidir se casar tão jovem ao invés de representar um empecilho acabou se transformando em um ponto positivo na relação do casal. “Eu acho que quando somos mais novos somos menos egoístas. Por isso acabamos cedendo mais, pois ainda estamos formando nossos hábitos. Foi assim que conseguimos criar um lar harmonioso, com muita paz, com filhos maravilhosos e com a benção de Deus,” completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…