Principal Categorias Matérias Caio Mayer: registrando momentos especiais

Caio Mayer: registrando momentos especiais

3 minutos para ler
0
502
Caio Mayer: registrando momentos especiais

O interesse de Caio Mayer pela fotografia foi repentino, assim como foi imediata sua paixão pela arte de traduzir momentos marcantes em imagens. Em junho de 2012, durante um passeio por uma chácara, Caio produziu algumas fotos e percebeu que tinha talento. Autodidata, ele começou a procurar livros que falassem sobre o assunto, pesquisou vídeos na internet que o ajudassem a aprimorar o seu jeito de fotografar e investiu em um bom equipamento. “Fui pegando gosto pela coisa”, afirma. Em agosto, ele já estava tirando suas primeiras fotos de maneira profissional.

Caio costuma fotografar diversos tipos de eventos como aniversários infantis e festas de 15 anos, porém não esconde sua fascinação pelos casamentos. “São todos eventos muito legais, mas os casamentos são especiais, o clima da cerimônia é muito bonito. Me emociono muito fácil e às vezes me escondo atrás da câmera para não chorar”, declara.

Estudante do quinto período do curso de administração, o jovem de 20 anos se divide entre a fotografia e o emprego no setor administrativo de uma empresa de alimentos. Apesar das diferenças entre as duas atividades, Caio não pretende abandonar nenhuma delas. “Acho importante e gosto muito da faculdade de administração. A fotografia entrou na minha vida como um hobby e com o tempo passou a ser um hobby lucrativo. Hoje, ela não é mais uma segunda opção, mas sim uma atividade paralela, um segundo emprego”, esclarece.

Para poder divulgar seu trabalho, Caio costuma postar suas fotos nas redes sociais e conta com a indicação de amigos e clientes. No futuro, ele quer abrir seu próprio estúdio, para poder atender melhor seus clientes. “Quando eu tiro uma foto procuro contar uma história através de um olhar diferente, mais artístico. É algo que vem do coração. Existe uma frase que descreve exatamente o que eu sinto ao fotografar, fotografia é a poesia dos olhos, traduzida na essência das emoções,” completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…