Principal Categorias Matérias SENAC: formando profissionais qualificados na área de beleza

SENAC: formando profissionais qualificados na área de beleza

3 minutos para ler
0
562
SENAC: formando profissionais qualificados na área de beleza

Mais do que talento, o profissional que oferece serviços de beleza deve ter dedicação e versatilidade. É essa mensagem que o SENAC passa aos seus alunos do curso de cabeleireiro. Durante 12 meses de curso eles têm diversas aulas que os possibilitam aprender todas as técnicas necessárias para atuar na área e também os qualificam para administrar e gerenciar salões de beleza. Pode se inscrever para o curso qualquer pessoa acima dos 18 anos, que já tenha concluído o ensino fundamental. Cada turma tem até 20 alunos. “Na modalidade varejo o investimento total é de R$ 2.400,00, parcelado em 1 entrada de R$180,00 + 12 X R$185,00”, esclarece Marta Gavanski Harmatiuka, gerente executiva do SENAC em Guarapuava.

Além das aulas teóricas, os alunos têm a oportunidade de colocar em prática tudo o que aprenderam através dos atendimentos realizados no Salão de Beleza Escola. Os serviços oferecidos estão disponíveis a toda comunidade. Os cortes de cabelo são gratuitos, já outros serviços como escova, hidratação, cauterização e mexas variam de R$ 5,00 a R$ 25,00. Ainda são feitas demonstrações de produtos em parceria com representantes de várias marcas, para que os alunos descubram o que é mais apropriado na hora de atender o cliente. Da mesma forma, são realizados cursos de aperfeiçoamento em cortes, escovas e penteados para ex-alunos e demais profissionais que estão no mercado. “Sempre que possível nossos alunos também participam de eventos, com a supervisão do instrutor. Esse tipo de experiência é importante para que eles possam ampliar seus conhecimentos”, declara Adriane Bulka, técnica em educação profissional na instituição.

Mayara Hey Fagundes é instrutora do curso de cabeleireiro há três anos. Ex-aluna do SENAC, ela fala sobre a alegria de ensinar o que sabe para outras pessoas. “É muito gratificante, pois fico lisonjeada em poder repassar meu conhecimento. Estou sempre pesquisando, me aperfeiçoando e acabo aprendendo junto com eles”, diz a instrutora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…