Bete Joias

5 minutos para ler
0
728
Bete Joias

Requinte e sofisticação em cada peça.

Clássicas, imponentes, finas ou delicadas.Uma coisa é certa, dar uma joia significa valorizar o sentimento vivido no momento, portanto, é muito mais do que entregar um presente. Vender joias é vender sonhos, ideias, ou ocasiões marcadas pela emoção. Pode ser o nascimento da filha(o), presente de aniversários, formaturas, dia das mães, dia dos namorados, alianças de casamentos, bodas, como também um pedido de desculpas. A atração do ser humano pelo ouro é antiga, e é o metal mais valorizado mundialmente. Há séculos homens e mulheres se encantam pelo magnetismo das joias, que de geração em geração, não perdem seu valor.

Na vida de Elizebet Gomes da Silva, o trabalho com joias têm um sentido especial, pois há vinte anos, seguindo o conselho de um amigo, passou a comercializar o produto e através do trabalho conseguiu superar o momento mais triste em sua vida: a morte do filho Daniel. “Eu sempre gostei de joias e esse trabalho preencheu meu tempo, acabei me identificando e anos mais tarde conquistei minha independência”, revela.

Em aproximadamente duas décadas nessa atividade, Bete tem muitos clientes que a acompanham desde o início. Ela acredita que esse sucesso junto a eles se deve a alguns fatores como por exemplo, a escolha dos fornecedores de Campo Grande e São Paulo, capitais que concentram as maiores importadoras do ramo. Ela também se preocupa em estar renovando seu estoque, para oferecer tanto peças atemporais e pedras naturais, cristais lapidados artesanalmente, seguindo as tendências de mercado. Sua prioridade é o atendimento exclusivo ao cliente, oferecendo qualidade, beleza, modernidade, preço e garantia, além de serviços adicionais como levar joias de clientes para polimento e consertos.

Para Bete o grande diferencial em trabalhar nessa área é o fato de dividir com o cliente a importância e o significado daquela aquisição, é a emoção de estar presente em momentos marcantes na vida de cada um. “Muitos clientes se tornam amigos e me sinto feliz ao ver a satisfação deles. Lembro da vez que entreguei um par de alianças para um casal de noivos, a reação deles foi surpreendente, o brilho no olhar, o beijo cinematográfico! São muitos momentos assim”, relembra emocionada.

Pensando em qualificar e diferenciar seus negócios, Bete investiu em capacitação. Ela cursou Gestão de Micro e Pequenas Empresas pela Unicentro e Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Guarapuava. Fez ainda Pós Graduação em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Guairacá. O ano de 2013 foi de transformação para Bete, já que ela pôs em prática os conhecimentos adquiridos durante anos de estudo, abrindo seu próprio escritório. “O espaço está sendo estruturado isso permite mais qualidade no atendimento, além de oferecer maior segurança aos meus clientes.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…