Principal Categorias Matérias Sinara Chaia Batista

Sinara Chaia Batista

4 minutos para ler
0
745
Sinara Chaia Batista

Cumplicidade entre terapeuta e paciente.

Formada em 2008, pela Unicentro, em fisioterapia, Sinara Chaia Batista é apaixonada pelo seu trabalho. “Eu queria atuar em uma área que me permitisse ser autônoma. Durante a graduação fui gostando da profissão cada vez mais e hoje não me imagino fazendo outra coisa”, confessa a fisioterapeuta.

Sinara já prestou serviços de Fisioterapia Convencional e Domiciliar, hoje ela atua mais com métodos alternativos e complementares de tratamento que proporcinam bem-estar e melhoria na condição clínica dos seus pacientes. Por isso, constantemente ela participa de cursos nesta área. Com formação básica e avançada em Pilates, pela Metacorpus, desde 2009, a fisioterapeuta trabalha com a técnica, obtendo excelentes resultados, principalmente nas patologias da coluna. Em seu studio, ela atende grupos formados por no máximo três pessoas, visando a qualidade no atendimento. Entre os pacientes que aderiram ao Pilates, seja para tratar problemas de saúde ou para manter a boa forma, estão adolescentes, homens e mulheres, grávidas e idosos. “Fiquei encantada com o Pilates desde que conheci a técnica, através do primeiro curso que eu fiz. O que mais me impressionou foi a melhora que ela proporciona aos pacientes. Outra coisa interessante é que pessoas de qualquer idade podem praticar o Pilates, já tive uma paciente com 93 anos”, explica.

A fisioterapeuta relata que as queixas mais comuns de seus pacientes são problemas na coluna e nos joelhos, além dos problemas somatizados como depressões, ansiedade, fibromialgia, etc. Por isso, ela costuma associar o tratamento com Pilates à diversas terapias manuais, visando potencializar os resultados. Pós-graduada em Terapia Manual pela Escola de Terapia Manual e Postural, em Londrina, Sinara também é formada em Microfisioterapia e Posturoterapia Neurosensorial (PNS) e está cursando a formação em Leitura Biológica pela mesma instituição. “Gosto de trabalhar com as Terapias Manuais porque sinto que as pessoas têm essa necessidade do toque, da troca de energias. Essas técnicas criam uma proximidade entre terapeuta e paciente”, diz. Ela ainda trabalha com Terapia Floral Vibracional, técnica que age harmonizando o organismo através dos princípios da física quântica. Recentemente, concluiu um curso de Treinamento Funcional, pela CORE 360, de Curitiba. “Acho muito importante me manter atualizada nas técnicas que trabalho e buscar novos conhecimentos para poder oferecer um atendimento de qualidade”, comenta.

A maioria dos pacientes atendidos por Sinara frequenta seu consultório de duas a três vezes por semana, muitos deles, inclusive, já a acompanham há mais de quatro anos. “Temos uma relação bastante próxima, acabamos criando um vínculo”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…