Principal Categorias Matérias Agosto azul: Prevenir é o melhor remédio

Agosto azul: Prevenir é o melhor remédio

3 minutos para ler
0
636
Agosto azul: Prevenir é o melhor remédio

No Brasil a população masculina vive em média seis anos a menos que a população feminina. Em 2008, o Ministério da Saúde criou a Política Nacional Integral à Saúde do Homem. De acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Ministério, estudos comparativos entre homens e mulheres demonstram que eles são mais vulneráveis a doenças, sobretudo às enfermidades graves e crônicas, o que ocasiona a morte precoce de parte da população masculina. Segundo o documento, o principal objetivo da política é atuar na prevenção de doenças futuras, estimulando o auto-cuidado.

Estima-se que em todo o país a cada cinco mortes de adultos entre 18 e 30 anos quatro sejam de homens. Diversas circunstâncias contribuem para que a mortalidade masculina seja 80% maior que a mortalidade feminina entre a população adulta brasileira. Em primeiro lugar no ranking de fatores que interferem para que haja uma discrepância tão grande entre as taxas de mortalidade de homens e mulheres estão as causas externas como acidentes de trabalho, acidentes de trânsito e a violência. Em seguida vêm as doenças do aparelho circulatório, tumores (os mais frequentes são de próstata e de intestino grosso), doenças do aparelho digestivo e as doenças do aparelho respiratório. Após os 45 anos, os problemas ligados ao sistema circulatório assumem a ponta desta lista.

Em 2012, o governo paranaense lançou o Agosto Azul, um mês todo dedicado à conscientização dos homens para a importância de fazer exames periódicos para diagnosticar possíveis problemas que, no futuro, podem causar graves danos à saúde. Para isso, o projeto realiza passeatas, palestras e ações em unidades de saúde que visem informar o público masculino sobre os cuidados que devem ser tomados principalmente com relação à alimentação, consumo de cigarros e bebidas alcoólicas, sedentarismo, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…