Principal Categorias Matérias Espetáculo marca os 50 anos da Escola Assunção

Espetáculo marca os 50 anos da Escola Assunção

6 minutos para ler
0
1,314
Espetáculo marca os 50 anos da Escola Assunção

O dia 11 de outubro permanecerá por muito tempo na memória da comunidade relacionada à Escola Assunção de Nossa Senhora. Naquele sábado, o ginásio Joaquim Prestes ficou lotado para o evento comemorativo dos 50 anos da instituição de ensino na cidade. O espetáculo, que envolveu mais de 500 alunos, foi emocionante e retratou a trajetória de luta e êxito das Irmãs Servas de Maria Imaculada, que mantêm a escola.

Para a festividade em Guarapuava, vieram 40 irmãs de outros municípios do Paraná e de São Paulo. Inclusive, a Madre Geral Tereza Slota, Irmã canadense que representa a congregação diante de 17 países. Também, a Irmã Margarida Hlatchuk, Superiora Provincial das Irmãs Servas de Maria no Brasil.

A apresentação teve o objetivo de mostrar ao público, por meio de encenações, músicas e coreografias, a história por trás da fundação da Escola Assunção de Nossa Senhora em Guarapuava. A peça foi produzida pela equipe da Cia. Arte & Manha, comandada por Rita Felchak, e construída a partir da união entre o lúdico e a história real das mulheres que dedicaram suas vidas para o trabalho de amar e servir.

No dia 12 de outubro, foi celebrada uma missa de ação de graças na Catedral Nossa Senhora de Belém. Participaram da cerimônia Dom Meron Mazur; padre Acácio Evêncio de

Oliveira, padre Mario Preschasniuk e padre Ivo Fomiak.

No dia 27 de outubro, a Escola Assunção foi homenageada pela Câmara de Vereadores. A Moção de Aplausos e Congratulações em função do Jubileu de Ouro foi proposta pela vereadora Maria José Mandu Ribeiro Ribas e acatada pelos demais vereadores. “A palavra-chave para este ano é gratidão”, resume a diretora da escola, Irmã Sirlene Costa em referência à comunidade escolar e à sociedade guarapuavana.

No ano de 1892, com apenas 22 anos, a irmã Josafata Miquelina Hordachevska se tornou a primeira irmã Serva de Maria Imaculada, em Galícia, na Ucrânia. Nos campos de batalha, as irmãs ajudaram o povo que precisava de esperança. Anos mais tarde, em 1911, um desafio proposto pela irmã Vitallina trouxe ao Brasil sete religiosas. Elas desembarcaram no Porto de Santos e, posteriormente, seguiram de trem para Ponta Grossa, chegando então ao destino final: Prudentópolis. Após algum tempo, as irmãs se dividiram entre Prudentópolis, no Paraná, e Iracema, em Santa Catarina.

Anos mais tarde, no ano de 1964, as irmãs Gertrudes Tecla Hladka e Oresta Woitechen, que se dedicavam ao trabalho com crianças, fundaram a Escola Assunção de Nossa Senhora, em Guarapuava. No ano de 1971, as obras do atual prédio da escola tiveram início.

A marca

O emblema da escola carrega um simbolismo baseado no carisma infundido pela irmã Josafata. O coração, em vermelho, significa a escola “um coração aberto para acolher, amar e formar o educando, a fim de prepara-lo para uma sociedade mais humana e mais fraterna”. Os três ângulos azuis carregam o significado de: educando, educador e família. “Quem andar conosco será apresentado ao desejo de crescer comunitariamente, convertendo o aprendizado em um elemento de formação de sua personalidade”. O círculo corresponde à busca de realização última do homem: Deus. Veja a seguir imagens do espetáculo que retratam a trajetória da instituição de ensino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…