Principal Categorias Vida A história de Antonella

A história de Antonella

7 minutos para ler
0
1,916
A história de Antonella

Por Redação
Fotos: Almir Soares Jr
Ana Carolina Boaventura e Adamo Góes começaram a namorar no final da adolescência. Depois de cinco anos de relacionamento, o casal apaixonado se uniu em matrimônio através de uma cerimônia emocionante, para 500 convidados. O dia 13 de novembro de 2010, então, marcou o início da família de Antonella Boaventura Góes, a menina carismática de olhos azuis que foi planejada e amada desde muito antes do seu nascimento.
Logo após o casamento, por razões profissionais, os papais dela moraram um ano em Florianópolis (SC) e outro em Curitiba (PR), até voltarem para a cidade natal, Guarapuava, onde tinham vontade de se estabilizar.
Passado um tempo, sentiram que era o momento de engravidar. Ana foi até a sua médica e descobriu que poderia demorar um ano para conseguir, em virtude de uma questão relacionada ao seu útero. No entanto, para a surpresa de todos, depois de pouco tempo já ficou sabendo que nascia no seu ventre um bebê que traria alegria para o resto das suas manhãs. O dia 10 de março de 2013, então, foi a data comemorada pela família inteira.
Ana foi quem escolheu o nome, com o apoio do marido. “Eu sempre achei o nome Antonella maravilhoso. Meu esposo procurou o significado do nome que é ‘aquela que floresce e tem valor inestimável’, assim ele teve a certeza de que nossa filha seria uma pessoa abençoada, linda e maravilhosa”, contou.

Uma luz que contagia a sua família
Antonella nasceu no dia 9 de dezembro de 2013. Neta de Soeli Garais Boaventura e Amarildo Luiz Guerra Boaventura; e de Odá Aparecida Góes e Cesar Augusto Góes, ela chegou de mansinho para iluminar e encher de cor a vida de todos ao seu redor. Essa é a certeza da sua avó materna, Soeli: “Ela é a luz das nossas vidas, eu sempre digo isso”, afirmou a vovó coruja.
“Tranquila, curiosa, simpática, esperta, carinhosa e inteligente” são alguns dos adjetivos utilizados pela mamãe para descrever os primeiros meses de vida da filhota. Conforme contou, ela é muito apegada com o avô Amarildo, de quem não desgruda.
Antonella se sente feliz quando está em contato com a natureza. Também adora os animais: cachorros, gatos, cavalos e todos os bichinhos que são personagens dos seus desenhos animados favoritos. A mãe acha que a cor favorita da filha é azul, devido às suas escolhas e já comprou livros e lápis de colorir.

A celebração do primeiro aninho
Com a presença daqueles que participaram da sua trajetória até aqui, os papais de Antonella reuniram amigos e familiares no dia 13 de dezembro de 2014, no Bagoonça, em Guarapuava, para uma divertida celebração do seu primeiro aniversário. Durante a festa, Antonella surpreendeu a todos quando começou a andar sozinha pelo salão! Mais um grande passo dado no mundo de descobertas da criança.
Com a decoração baseada nas bonecas Lalaloopsy e os detalhes minuciosamente pensados para que o evento tivesse a essência da aniversariante, Antonella se divertiu a tarde inteira com os brinquedos, com os amiguinhos e com as músicas. No momento do “parabéns”, sorriu e bateu palminhas, mostrando a sua alegria contagiante.
Ela também desfrutou do colo de quem tanto gosta, como os avós, o tio Luiz Henrique Garais Boaventura, o tio Grego Góes, o primo Gabriel Góes e tantas outras pessoas. Seus padrinhos são Luiz Henrique Garais Boaventura, Hellen Althaus, Sheila Dall’Agnol Ribinski e Maurício Batista Junior.
Em apenas um ano, Antonella conseguiu cativar muita gente e mudar o modo como sua família enxergava a vida. E esse é só começo de uma linda história.
antonela01

antonela02

antonela03

antonela04

Ficha técnica
Local: Bagoonça Buffet & Diversão | Bolo: Dirce Bolos | Bolo Cenográfico: Art Bolos Confeitaria Artesanal | Doces: Carina M. Casanova Doces Finos | Lembranças: Boutique do Banho (Curitiba) e Alfajor da Vovó | Personalização: Ateliê Rapha Horst | Fotografia: Almir Soares Junior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…