Principal Categorias Matérias Grupo Escoteiro Guara Puava celebra 31 anos em Guarapuava

Grupo Escoteiro Guara Puava celebra 31 anos em Guarapuava

5 minutos para ler
0
1,242

Por Revista Visual
Foto: Arquivo Pessoal

O Grupo Escoteiro Guara Puava, fundado em 1984 em Guarapuava, completa 31 anos de existência em 2015. A fundação deu-se pelo chefe escoteiro Ozorio Cesar Moraes de Freitas. Com o principal objetivo de desenvolver os jovens priorizando a honra, o grupo incentiva a prática do trabalho em equipe e a vida ao ar livre. O movimento existe no país desde 1910 com grupos fundados no Rio de Janeiro.

Início

As primeiras informações a respeito do Grupo Escoteiro em Guarapuava datam da década de 1920, sendo considerado um dos primeiros grupos do Estado do Paraná. O responsável pelo grupo foi Professor Becker. Mais tarde, em 1970, os rotarianos da cidade se organizaram e criaram o Grupo Escoteiro Gurupiá.

O Grupo Escoteiro Guara Puava foi fundado por iniciativa do chefe Ozorio, que conheceu o movimento após uma viagem a Pato Branco. “Eu achei muito interessante e pensei: eu quero participar disso e foi então que decidi fundar um grupo aqui na cidade”.

Com o apoio da irmã Blandina, a primeira reunião foi realizada nas dependências do Colégio Nossa Senhora de Belém em 18 de março de 1984. O grupo foi oficializado em 10 de agosto do mesmo ano.

Conforme Ozorio, o grupo sempre foi grande. “Começamos já com um bom número de jovens, aproximadamente 100, e ao longo dos anos o número de escoteiros manteve-se nessa média. Hoje, temos 104 escoteiros inscritos”.

 

Atividades

Em 31 anos de atividades, os escoteiros do Guara Puava realizaram atividades em diversos países da Europa e da América Latina, entre eles, Austrália, Nova Zelândia, Holanda, Suíça, Espanha, França, Chile, Argentina, Uruguai entre outros. Para Ozório, essas viagens e atividades enriquecem o currículo dos escoteiros bem como contribuem para a troca de experiências entre eles.

Na opinião dele, o trabalho é muito gratificante. “Eu me sinto honrado por fazer parte disso tudo, de ver essas crianças crescendo com princípios de ética e moral. O objetivo é crescer cada vez mais”.

O chefe escoteiro ainda afirmou que o grupo não pode ser maior por ter uma carência de adultos voluntários para ajudar na realização de atividades. “Estamos trabalhando com o número certo de escoteiros, podemos assim dar segurança e orientar as atividades com a certeza de que vamos ter controle sobre o que estamos fazendo”, contou.

 

Outros grupos

A cidade conta ainda com outros quatro grupos escoteiros: Grupo Escoteiro Itay; Grupo Escoteiro de Entre Rios; o mais recente fundado, que é o Grupo Escoteiro do Colégio Liane e o grupo Escoteiro Manoel Ribas.

Durante as enchentes que acometeram a cidade de Guarapuava e a região em junho de 2014 os escoteiros realizaram atividades em apoio às famílias desabrigadas, além de promover arrecadação de alimentos e prestar apoio durante todo o período da tragédia.

 

Leia a matéria completa na edição 124 da Revista Visual Guarapuava!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…