Principal Categorias Matérias Victor Kirian coleciona títulos nacionais e internacionais de Judô e de Jiu Jitsu

Victor Kirian coleciona títulos nacionais e internacionais de Judô e de Jiu Jitsu

7 minutos para ler
0
603

Por Revista Visual

Victor Eduardo Kirian tem 10 anos e já carregou o nome da cidade de Guarapuava por diversos locais do país em competições esportivas. Após apresentar comportamento inquieto ainda com 4 anos, a sua avó, Dulcemar Kirian, conhecida como Dona Nina, fez com que o garoto iniciasse aulas de judô. Após seis anos de treino contínuo, Victor esbanja simpatia e ostenta mais de 60 medalhas obtidas em diversos campeonatos disputados tanto no Brasil quanto no exterior.

Os treinos começaram na extinta escola Pedacinho do Céu, onde Victor estudava. Depois de dois meses de contato com o esporte, o menino foi inscrito para a sua primeira competição. Com o foco determinado e com o apoio incondicional de sua maior fã, a vó Nina, a primeira medalha foi conquistada naquele mesmo ano, durante um campeonato da Faculdade Guairacá.

Ele é dedicado e treina todos os dias da semana. “Ele é muito carinhoso com a família, e a prática das artes marciais deixou ele mais calmo e consciente”, afirmou.

Dona Nina contou ainda que cada vez mais o neto tem evoluído e, além do Judô e Jiu Jitsu, o menino pratica natação, para fortalecer a musculatura dos braços, e futebol, para adquirir velocidade, somando aproximadamente quatro horas por dia de dedicação aos esportes.

 

A família

O garoto mora com a avó desde quando era bebê e é ela quem é a maior apoiadora dele. “Eu acompanho os treinos, os campeonatos e as vitórias e cada uma delas é uma realização”.

Para incentivar o menino, ela construiu uma academia em casa onde o garoto guarda suas medalhas e também recebe um personal para treinar. “Este é o lugar em que eu me sinto bem, eu adoro estar na minha academia”, disse Victor.

Um amigo da família, João Gabriel Ferraz, iniciou os treinos para apoiar o pequeno Victor. “Comecei os treinos para ele se sentir motivado, e peguei gosto por lutar”, afirmou Gabriel, que também possui títulos importantes.

A família também incentiva o menino nos estudos. De acordo com a avó, ele concilia bem os treinos com as atividades escolares. Nas horas vagas, Victor gosta de jogar futebol e sonha em alcançar mais títulos nessa modalidade também.

 

Campeonatos

Para alcançar seus objetivos, o garoto treina duas vezes na semana no município de Pinhão, com aproximadamente outros 20 garotos da mesma faixa etária. Em apoio ao esforço do atleta, a avó leva Victor para todos os treinos.

Para enriquecer ainda mais o currículo de Victor, ela contou que dirigiu mais de 20 horas para levar o grupo de judocas da cidade vizinha até a 18ª Copa Internacional de Judô, em Buenos Aires, capital da Argentina, onde o jovem obteve o primeiro lugar em sua categoria. “Ele fez diversas lutas e era um campeonato grande, com muita técnica. Cada vitória dele é mais um orgulho para mim, é gratificante, eu fico imensamente feliz”.

A avó contou que não mede e nem medirá esforços para alcançar o objetivo de ver o neto reconhecido mundialmente. Ela investe em aulas, viagens e competições que auxiliem no desenvolvimento do menino.

Victor ficou em terceiro lugar no Mundial de Jiu Jitsu realizado em São Paulo no ano de 2014 e possui ainda títulos municipais e estaduais. Conforme ele, o objetivo é chegar cada vez mais longe. “Eu gosto de lutar, o objetivo é conquistar espaço e um dia ser um grande atleta”, afirmou.

Em sua academia particular, montada nos fundos da casa da avó, o menino possui um quadro com suas medalhas expostas. Ao todo, o menino possui 62 medalhas conquistadas em mais de seis anos de competições.

 

Leia a matéria completa na edição 124 da Revista Visual Guarapuava!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coisas para fazer em Guarapuava

Fevereiro mal começou e ao contrário de janeiro, está voando! Apesar da semana ter sido rá…